segunda-feira , 7 agosto 2017

Projeto de Lei que obriga a realização do exame “Oximetria de Pulso” é aprovado na Câmara

Marcos Montanha VereadorFoi aprovado na Câmara Municipal de Petrópolis  nesta quinta (21), o Projeto de Lei indicado pelo vereador Marcos Montanha, que dispõe sobre a obrigatoriedade da realização do exame de OXIMETRIA DE PULSO EM TODOS OS RECÉM – NASCIDOS.

A ” OXIMETRIA DE PULSO ” deve ser realizado nos membros superiores e inferiores dos recém – nascidos, ainda no berçário, após as primeiras 24 horas de vida, e antes da alta hospitalar, utilizando um sensor externo ( oxímetro ), conforme parecer científico da Sociedade Brasileira de Pediatria. O oxímetro de pulso é composto por um monitor com bateria e visor, e o sensor que detecta o pulso. O exame de oximetria de pulso deverá integrar o rol de exames obrigatórios a serem realizados nos recém-nascidos atendidos nas maternidades públicas e privadas do município de Petrópolis.

O Teste do Coraçãozinho é indolor, não invasivo, e exige apenas a utilização de um aparelho denominado “oxímetro”, equipamento este que já existe em todas as maternidades e hospitais, pois é essencial para monitorar os pacientes (principalmente em UTIs). A oximetria de pulso pode ser realizada por um profissional de enfermagem, e não exige mais do que 5 minutos para a sua realização. É um exame indolor, utilizado para medir os níveis de oxigênio no sangue.
a fim de detectar a presença de cardiopatias congênitas críticas que coloquem em risco a vida da criança. Se não forem detectadas, algumas cardiopatias congênitas podem causar problemas graves ou mesmo levar à morte. O diagnóstico e o tratamento precoces são fundamentais para preservar a vida dos bebês que nascem com essa condição.

@canalpetropolis #canalpetropolis

Banner mega