quarta-feira , 23 agosto 2017

Academia da Saúde abre inscrições para novos participantes

0af4e1df33d4e3ccb22fce0f54a432e5_XLA prática de atividades física é uma aliada para saúde do corpo e da mente e, por conta disso, a Secretaria de Saúde está iniciando o processo de inscrição para novos participantes das academias da Saúde do município. A meta é integrar as quatro unidades localizadas no Parque Cremerie, Parque Municipal de Itaipava, Castelo São Manoel e Vale do Carangola às unidades de saúde da região, a fim de conscientizar sobre a importância da mudança de hábitos alimentares e práticas regulares de exercícios para a redução dos quadros de hipertensão, diabetes e obesidade.

Nas Academias de Saúde são oferecidas aulas de ginástica, alongamento, danças, karatê, capoeira, artesanatos entre outras atividades, de segunda a sexta-feira de 8 às 17h. As inscrições para novos alunos estão abertas em todas as unidades. Para participar basta o interessado apresentar atestado médico e documento de identidade.

Nos últimos 10 anos, o número de brasileiros obesos aumentou em 60%, e mais da metade da população está acima do peso, segundo dados do Ministério da Saúde. Hoje, a cada cinco brasileiros, um está obeso. A Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta a obesidade como um dos maiores problemas de saúde pública no mundo: a projeção é que, até 2025, mais de 700 milhões de adultos estejam obesos e cerca de 2,3 bilhões com sobrepeso.

A superintendente de Atenção à Saúde, Fabíola Heck anuncia que nos próximos dias a UBS do Quitandinha irá encaminhar pacientes para a academia do Cremerie. O objetivo é acompanhar a evolução dos pacientes na redução de peso e avaliar os resultados com a perda do sobrepeso.

“A Universidade Estácio de Sá irá nos apoiar na elaboração de um estudo com os pacientes obesos ou com sobrepesos que tenham hipertensão ou diabetes naquela região. Nosso objetivo é mapear essa população e acompanhar a melhora da qualidade de vida e da saúde daqueles que forem inseridos no programa. Esperamos em curto prazo ampliar essa iniciativa nas demais unidades e incentivar esse debate junto à população em todas as unidades de saúde. Tendo uma população mais ativa e com alimentação correta, nós conseguimos reduzir o agravo e o surgimento de várias doenças”, avalia Fabíola Heck.

As Academias da Saúde têm a meta de proporcionar atividades para toda família, da criança ao idoso. Seguindo as diretrizes do Ministério da Saúde, o programa visa fortalecer as ações de promoção da saúde em articulação com a Estratégia da Saúde da Família e a Vigilância em Saúde.

A coordenadora do programa Academia da Saúde, Márcia Verônica Ferreira, disse que atualmente a academia com o maior número de alunos é a do Cremerie com 290 alunos que oferece BioPilates, natação, hidroginástica, aulas de alfabetização, tricô, crochê, pinturas em tecido, dança de salão e manicure, já em Itaipava são 85 alunos. “No Vale do Carangola são 110 alunos e, no Castelo, 86 com aulas de Zumba, ginástica, alongamento, capoeira e entre outras atividades. Nossa meta é formar uma equipe multiprofissional atuante e criar metas e estratégias para aumentarmos o número de alunos por unidades”, explica Márcia Verônica.

As quatro academias contam com o trabalho fortalecido por professores voluntários. A coordenadora do programa Academia da Saúde, Márcia Verônica Ferreira, explica que além das atividades físicas, os espaços também oferecerão grupos de convivência, workshops e rodas de conversa.

“As turmas estão em andamento com a possibilidade de inclusão de novos alunos e também de criação de novos horários para as atividades. Contamos com o apoio de muitos voluntários que estão contribuindo para o crescimento das academias e na oferta das mais variadas atividades. Além dos exercícios, há cursos de artesanatos e manicure, onde o público pode aprender as técnicas e ainda aumentar a renda familiar”, disse Márcia Verônica Ferreira.

O Programa Academia da Saúde foi criado pela Portaria Ministerial nº 719 e tem como principal objetivo contribuir para a promoção da saúde da população a partir da implantação de polos com infraestrutura, equipamentos e quadro de pessoal qualificado para a orientação de práticas corporais, atividades físicas e de lazer e modos de vida saudáveis.

Divulgação: Imprensa PMP

@canalpetropolis #canalpetropolis

Banner mega

Gostou do post? Compartilhe: