segunda-feira , 20 agosto 2018

UBS do Retiro e Itamarati fornecem vacina contra a gripe também à noite

vacina ubs petropolisPetrópolis já tem 36% do público alvo imunizado contra a gripe. A campanha nacional segue até o dia 1º de junho e a vacina está disponível em 42 unidades de Saúde. O atendimento de 40 delas está disponível de segunda a sexta-feira, de 8 às 16h – com intervalo de 1h para almoço. Mas em outras duas, o atendimento é estendido até as 20h, uma forma de atender a quem não consegue se deslocar até os locais no horário comercial. São as unidades básicas de Saúde dos bairros Itamarati (de segunda a quinta-feira) e Retiro (segunda a sexta).

A Secretaria de Saúde dá esta alternativa para quem não tem condições de procurar os postos de Saúde durante o dia. Com o horário estendido destas unidades, é possível o morador se programar e se imunizar no horário que for mais adequado. O objetivo é ampliar estes atendimentos e fazer com que a imunização chegue ao maior número de pessoas possível.

Desde o início da campanha, no dia 24 do mês passado, 34.155 pessoas receberam a vacina – 5,9 mil doses foram aplicadas no último sábado (12.05), Dia D de Vacinação contra a gripe. Em Petrópolis, 93 mil pessoas fazem parte do público alvo da campanha e a expectativa da Secretaria de Saúde é de que 90% deste público seja imunizado. No ano passado, foram vacinadas 77.923 pessoas, o que representou 82,63% da meta de imunização.

A gripe pode ser provocada pelo vírus Influenza, e se agravar entre a população mais vulnerável à doença. A vacinação é a forma mais segura e eficaz para prevenir a gripe e suas complicações e, por isso, é essencial que as pessoas procurem os postos para se vacinar.

Na UBS do Retiro, são vacinadas, em média, 100 pessoas por dia. Destas, 20, em sua maioria, crianças e idosos que buscam a unidade no período noturno. Foi o caso da comerciante Carla Kappaun. Moradora do Vale dos Esquilos, ela aproveitou que foi buscar a filha na escola e no caminho para casa passou na UBS para que a adolescente se vacinasse.

“Fiquei sabendo que a vacina estava sendo disponibilizada aqui e aproveitei que passaria por perto e dei uma paradinha. É um atendimento rápido e perto de casa. Achei muito interessante esta extensão no horário, pois possibilita que possamos vir num momento em que estamos livres. Sou comerciante e minha filha estuda, então seria muito complicado conciliar os horários. Vou aproveitar para avisar as mães de outras alunas, para que também aproveitem a oportunidade”, declarou Carla, que estava com a filha Nathalie Kappaun, de 13 anos.

Crianças e idosos são dois dos públicos alvos da campanha

Devem ser vacinados idosos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), crianças de seis meses a menores de cinco anos, doentes crônicos (com apresentação de indicação médica), profissionais da Saúde e professores. Pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais também podem ser imunizadas, mas devem apresentar indicação médica.

Dentre os subtipos do vírus influenza os mais frequentes em humanos são: A (H1N1), A (H3N2) e Influenza B, que podem ser prevenidos com a vacina e com medidas simples de higiene. Em Petrópolis não ocorreu nenhum caso de H1N1 e nem H3N2 em 2017 e nem este ano.

A diretora do departamento de Vigilância em Saúde, Elisabeth Wildberger, alerta que a imunidade contra a doença ocorre somente entre 10 a 15 dias após a aplicação da vacina. Ela lembra que a transmissão da gripe ocorre pelo contato com pessoas infectadas, ao tossir, espirrar ou falar, e alerta para os cuidados.

“A transmissão da gripe pode ocorrer pelo contato com pessoas infectadas, por isso, as mudanças de hábitos podem ajudar prevenção, como manter as mãos sempre limpas, utilizar álcool gel; não compartilhar objetos de uso pessoal e evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas de gripe”, pontuou.

Divulgação: PMP

@canalpetropolis #canalpetropolis

Banner mega

Gostou do post? Compartilhe: