quarta-feira , 2 agosto 2017

Pontos Turísticos

Beer Tour – Cervejaria Itaipava – Grupo Petrópolis

Beer Tur - Cervejaria ItaipavaEndereço: Rua Trajano de Paula Filho, 199 – Pedro do Rio – Petrópolis – RJ, Rodovia BR-040 sentido Juiz de Fora – utilizar saída no km 51, Rodovia BR-040 sentido Rio de Janeiro – utilizar saída no km 52

Visitação: Terça à sexta às 11h e às 15h. Sábados às 9h30, 13h e 15h. Obs: Proibida para menores de 18 anos. Agendamento e informações: Tel: (24) 2103-8000- ramal 302 8002 – Entrada franca.

Visita monitorada gratuita às linhas de produção das cervejas do Grupo Petrópolis, em Itaipava, com degustação e lojas de produtos temáticos.

Caminho do Rosário do Trono de Fátima


São José teatro marianoEndereço: 
Teatro Mariano – Rua Frei Rogério, 95 – Centro Histórico Caminho de oração e contemplação com painéis ilustrativos das estações do terço, que inicia no Teatro Mariano em direção ao Trono de Fátima. Visitação: domingos e feriados, de 08h às 18h. Entrada franca. Todos os meses acontece a procissão no Caminho do Rosário. Todo dia 13: aos domingos, às 17h e em outros dias da semana, às 19h30 com missa na Capela do Trono de Fátima às 20h.

Caminho de oração e contemplação com painéis ilustrativos. Todo dia 13 de cada mês, em comemoração a 13 de maio de 1917, data da primeira aparição de Nossa Senhora em Fátima, Portugal, peregrinos percorrem as estações do Caminho do Rosário, colina acima, até a capela, instalada na base do Trono que recebe o nome da Santa. Sendo que nos domingos a procissão começa às 17h e a missa na capela às 17h30m, nos outros dias da semana a procissão se inicia às 19h30m e a missa às 20h.

Casa Cláudio de Souza

casa-de-claudio-de-souzaEndereço: Praça da Liberdade, 247 – Centro

Visitação: Terça a sexta de 11h às 18h mediante agendamento.

Tel: (24) 2231-5156 / (24) 231-4722. Entrada franca.

Casa onde morou o médico, escritor e dramaturgo Cláudio de Souza, membro da Academia Brasileira de Letras, a qual presidiu por duas vezes, em 1938 e 1946. Fundador do Pen Club do Brasil, em 1936. Foi doada pela família ao Museu Imperial em 1956. Guarda acervo das obras literárias, móveis, fotos, objetos pessoais e biblioteca do escritor.

Casa da Educação Visconde de Mauá


casa_do_barao_de_mauaEndereço:
 Praça da Confluência, 3 – Centro

Construção em estilo neoclássico iniciada em 1854, quando o Barão e posteriormente Visconde de Mauá, Irineu Evangelista de Souza construía a primeira estrada de ferro do Brasil. Grande financista e homem de negócios com espírito empreendedor, Mauá foi uma das maiores figuras do Império. Foi vendida em leilão quando da falência de Mauá. Nesta casa Vinícius de Moraes, casado então com Lúcia Proença, dona da propriedade, passou temporadas, e compôs algumas de suas obras.

 

Casa da Ipiranga (Casa dos 7 Erros)

Casa dos Sete ErrosEndereço: Avenida Ipiranga, 716 – Centro

Visitação: De sexta a domingo de 13h às 18h. Durante o mês de julho, todos os dias de 13h às 18h. Informações e agendamento: Tel: (24) 2231-8718 / (24)99249-3319 Ingresso: R$ 8,00 – Estudantes e visitantes acima de 65 anos pagam meia, crianças até 7 anos não pagam.

Construída em 1884 pelo engenheiro alemão Karl Spangenberger, segundo projeto idealizado pelo seu proprietário, o financista e exportador de café José Tavares Guerra, cujos descendentes ainda hoje administram a casa. A luxuosa decoração do interior em ouro, bronze, madeiras nobres e pinturas é remanescente de uma época de refinamento e sofisticação. Os jardins foram projetados pelo botânico e paisagista do império, o francês Auguste Glaziou, mantendo até hoje o traçado original. A antiga estrebaria abriga: restaurante, adega e o primeiro relógio de torre da cidade. Foi uma das primeiras casas a ter luz elétrica em Petrópolis.

 

Casa da Princesa Isabel

Casa da Princesa IzabelEndereço: Avenida Koeler, 42 – Centro

Pertenceu ao Barão do Pilar, fazendeiro e negociante, membro da primeira diretoria do Banco do Brasil, em 1854. Foi comprada em 1876 pela Princesa Isabel e o Conde d’Eu, que nela residiam, quando estavam em Petrópolis. Nas escadarias da varanda foi tirada uma das últimas fotos que reúne a Família Imperial em terras brasileiras, dias antes da Proclamação da República. Nos jardins observa-se camélias brancas, símbolo do movimento abolicionista.

 

Casa de Rui Barbosa

Casa de Rui BarbosaEndereço: Avenida Ipiranga, 405 – Centro

Nesta casa passou muitos verões, Rui Barbosa de Oliveira, jurista, político, diplomata, filólogo, tradutor, orador e escritor brasileiro, conhecido como “O Águia de Aia”. Carinhosamente apelidada por ele de “sweet home”, nela escreveu muitas obras, entre elas “Oração aos Moços”. Faleceu nesta moradia, em 1923, tendo sido o seu cortejo fúnebre um dos maiores presenciados por Petrópolis até então.

 

 

 

 

 

 

Casa de Stefan Zweig

Casa de Stefan ZweigEndereço: Rua Gonçalves Dias, 34 – Valparaíso. Visitação: sexta a domingo 11h às 17h. Tel: (24) 2245-4316. Entrada Franca .

Foi residência e refúgio do escritor austríaco Stefan Zweig e sua esposa Lotte, durante o período da 2ª Guerra Mundial, onde faleceram em 1942. Entre outras obras escreveu o livro “Brasil, um país do Futuro”. É considerado um dos grandes biógrafos da primeira metade do séc. XX. Hoje é um centro de memória em homenagem ao escritor e aos exilados vindos para o Brasil fugindo do nazismo, no período de 1933 – 1945, que contribuíram para a formação cultural do nosso país.

Catedral de São Pedro de Alcântara


catedral petropolisEndereço:
 Rua São Pedro de Alcântara, 60 – Centro

Visitação:  diariamente, de 8h às 18h. Tel: (24) 2242-4300 – Fax- (24) 2242-4300 Horário sujeito a mudanças quando houver eventos religiosos. Entrada Franca

Construção em estilo neogótico francês. No seu interior destaca-se o Mausoléu onde estão os restos mortais da Família Imperial (dom Pedro II, dona Teresa Cristina, Princesa Isabel e Conde D`Eu, seu primogênito D. Pedro de Alcântara e sua esposa D. Elisabeth) e também podem ser vistas esculturas de Jean Magrou, Bertozzi, vitrais e pinturas de Carlos Oswald. O altar gótico contém relíquias de São Magno, Santa Aurélia e Santa Tecla, trazidas de Roma pelo Cardeal D. Sebastião Leme. As portas principais pesam 2.400 kg cada.

 

 

Centro Cultural Alceu Amoroso Lima para a Liberdade

Centro Cultural Alceu Amoroso LimaEndereço: Rua Mosela, 289 – Mosela.

Visitação: Segunda a sexta de 9h30 às 18h30. Tel: (24)2242-6433. Entrada Franca.

Alceu Amoroso Lima nasceu no Rio de Janeiro, 11 de dezembro de 1893 e faleceu em Petrópolis, em14 de agosto de 1983. Foi um crítico literário, professor, pensador, escritor e líder católico brasileiro. Foi Conde Romano, pela Santa Sé. Adotou o pseudônimo de Tristão de Ataíde. O acervo particular de Alceu Amoroso Lima pode ser acessado por historiadores mediante agendamento prévio.

Centro Cultural Estação de Nogueira


estação de nogueiraEndereço: 
Avenida Leopoldina, 317 – Nogueira

Visitação: Terça a sábado de 9h às 17h. Domingos e feriados de 9h às 13h. Tel: (24)2237-3860. Entrada franca.

Antiga estação de trem de Nogueira, construída em 1908, onde atualmente funciona uma biblioteca, um mini-museu ferroviário e são realizadas exposições.

Centro Cultural Professora Celina de Oliveira Barbosa

pedro do rio estação

Endereço: Rua Capitão José Leal, s/nº – Pedro do Rio

Visitação: segunda a sexta, de 9h às 17h e sábados de 10h às 12h. Tel: (24) 2246-9302. Entrada Franca. Cursos e oficinas: segunda a sexta de 9h às 22h. Sábados após às 12h acontecem exposições, shows e eventos da comunidade.

Antiga estação de trem de Pedro do Rio inaugurada em 1886. Atualmente funciona como um centro cultural, com exposição de fotos e cursos de artesanato.

Centro Cultural Vereadora Wilma Borsato


Centro Cultural Vereadora Wilma BorsatoEndereço:
Rua Hívio Naliato, s/nº – Cascatinha.

Visitação: sábados e domingos, de 9h às 14h. Entrada Franca.

Antiga estação de trem de Cascatinha, inaugurada em 1884. Atualmente funciona como um centro cultural, com exposição de fotos e cursos de artesanato.

 

 

Centro de Cultura Raul de Leoni

Centro de Cultura Raul de LeoniEndereço: Praça Visconde de Mauá, 305 – Centro VisitaçãoExposições: terça a sábado, das 13h às 18h. Domingos e feriados:12h às 17h. Biblioteca: segunda a sexta, das 8h às 18h30. Sábado, das  8h às 12h. Cinema: segunda à sábado, às  19h. Feriados não há sessão. Tel: (24)2233-1200 / (24)2233-1202. Entrada franca.

Espaço cultural que abriga galerias de arte, teatro, cinema e a Biblioteca Central Municipal Gabriela Mistral, considerada a 3ª mais importante do estado do Rio de Janeiro. O nome do Centro homenageia o poeta petropolitano, falecido prematuramente de tuberculose, aos 30 anos, em 1925, e o da biblioteca à escritora chilena, primeira latino-americana a receber o Nobel de Literatura.

Cervejaria Bohemia

Cervejaria BohemiaEndereço: Rua Alfredo Pachá, 166 – Centro. VisitaçãoTour: quarta à sexta, de 11h às 16h30. Sábados, domingos e feriados, de 11h às 18h30. Ingresso: R$24,00 (inteira)e R$12,00 (meia entrada). Agendamentos e informações: Tel: (24)3064-9127. Bar e Restaurante Bohemia: quarta à sábado, de 12h às 22h Domingo: Bar das 12h às 21h e Restaurante das 12h às 16h
Centro de experiência cervejeira, instalado na mais antiga fábrica de cerveja do Brasil (1853), com mais de 20 ambientes que proporcionam uma viagem interativa pela evolução da cerveja através dos tempos. Reúne entretenimento, história, rituais e curiosidades, relacionando a cultura da produção cervejeira com a gastronomia, costumes e meio ambiente.

Cervejaria Cidade Imperial

Cervejaria Cidade imperialEndereço: Rua Mosela, 1341 – Mosela Visitação: Segunda à sexta, de 9h às 17h mediante agendamento. Tel: (24)2220-4800.  Ingresso: R$10,00 menores de 18 anos entrada franca.

Fundada por um dos membros da Família Imperial Brasileira, desde 1997 a cervejaria desenvolve produtos especiais, com ingredientes selecionados, seguindo a “Lei da Pureza” em todas as etapas da produção.

 

 

Fazenda da Samambaia

Fazenda da Samambaia

Endereço: Estrada da Samambaia, 138 – Samambaia Visitação: terça a domingo de, 10h às 18h. Tel: (24)2242-3478. Ingresso: R$ 10,00.

Imóvel colonial do séc. XVII situado em área de rica beleza natural, com fontes de água fresca e límpida, trilhas ecológicas, hostel e restaurante. Possui a Capela de Santo Antônio, em estilo “rococó” do século XVIII, construída por Valentim da Fonseca, antes da fundação da cidade. Os atuais jardins da fazenda foram idealizados por Burle Marx.

 

Hortomercado Municipal

Hortomecardo MunicipalEndereço: Estrada União e Industria, 9.500 – Itaipava

Visitação: sexta, de 9h às 18h. Sábado, de 8h às 18h. Domingo, de 8h às 13h. Feriado prolongado, de 9h às 18h. Feira de artesanato: sábado, de 8h às 17h30. Domingos e feriado de 8h às 13h. Entrada Franca.

Inaugurado em 1989, foi criado para intermediar os produtos hortifrutigranjeiros direto do produtor rural ao consumidor. Oferece produtos frescos como legumes, verduras, ervas finas, frutas, mel, geleias, flores, aves, trutas, cogumelos, conservas, laticínios, dentre outros.

Igreja Evangélica de Confissão Luterana


Igreja Evangélica de Confissão LuteranaEndereço:
 Av. Ipiranga, 346 – Centro.

Visitação: No horário dos cultos:  domingo às 9h. Tel: (24)2242-1703. Entrada Franca

Um dos mais antigos templos religiosos da cidade. A pedra fundamental foi lançada em 1862, tendo como idealizador o Pastor George Gottlob Ströele. O templo, iniciado em 1863, era apenas uma casa, tendo a escultura de um cálice e pães na parede externa. Em 1903, revogada a lei que impedia templos não católicos de terem características de “igreja”, a torre foi construída e foram colocados os elementos decorativos neogóticos: arcos ogivais e gárgulas. Na torre se encontram o relógio mecânico e os sinos de bronze originais.

 

 

Itaipava Garden

Itaipava GardenEndereço: Estrada União e Indústria, 11.805 – Itaipava. Telefax: (24) 2222-4444. Visitação: segunda à sábado, das 9h às 18h.  Domingo, de 9h às 16h. Entrada Franca.

Local de exposição e venda de arranjos florais, orquídeas e plantas ornamentais.

 

 

 

Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus


Igreja do SagradoEndereço:
 Rua Montecaseros, 95 – Centro. Visitação: diariamente, das 7h às 19h. Tel: (24) 2242-6915.

Missa dominical, das 10h, com apresentações alternadas do Coral dos Meninos Canarinhos de Petrópolis e do Coral das Meninas dos Canarinhos de Petrópolis, sendo uma apresentação por domingo. Entrada Franca.

Inaugurada em 1874, nasceu da vontade dos colonos alemães católicos de possuir um templo próprio, concretizada com a chegada do padre Teodoro Esch que fundou, na época, uma escola para filhos de alemães católicos e uma sociedade de canto para adultos, a Liedertafel. Em 1896 é construído o convento franciscano, uma escola para meninos carentes, a Escola Gratuita São José e uma tipografia, que deu origem à Editora Vozes, que mantém suas atividades até os dias atuais. A missa dominical das 10h, conta nos períodos letivos, com a presença do Coral dos Canarinhos de Petrópolis, do Coral das Meninas dos Canarinhos de Petrópolis ou coral convidado.

Mosteiro da Virgem

Mosteiro da VirgemEndereço: Av. Ipiranga, 555- Centro Visitação: diariamente, de 8h às 18h. Tel: (24) 2242-2394 / 2231-6393

Venda de produtos (chocolates, pães e biscoitos), de 8h às 18h, com solicitação na portaria do Convento. Entrada Franca

Abriga uma comunidade contemplativa de Beneditinas, que em 1939 instalou-se na Av. Ipiranga. A nova capela, inaugurada em 1989, possui estilo moderno onde se destacam: o painel representando Jesus Cristo Glorioso; uma rara imagem da Virgem Maria grávida; a “Menorah”, candelabro de bronze com sete braços – típico das Sinagogas- representando a plenitude. Diariamente às 7h e aos domingos às 10h30 acontecem missas, com canto gregoriano, abertas ao público. Venda de produtos (chocolates, pães e biscoitos) das 8h às 18h, com solicitação na portaria do Convento.

Museu Casa de Santos Dumont

Casa de Santos DumontEndereço: Rua do Encanto, 22 – Centro

Visitação: terça a domingo de 9h às 17h30 (bilheteria até as 17h).  Visita guiada. Ingresso: R$5,00 – Crianças de 7 anos, estudantes e maiores de 60 anos a 64 anos: R$2,50. Crianças até 6 anos e maiores de 65 anos: acesso livre. Isenção: escolas municipais e estaduais de terça a sexta mediante agendamento.  Informações e agendamentos para grupos: (24) 2247-5222 segunda a sexta das 10h às 16h.

Foi residência de verão de Alberto Santos Dumont, Pai da Aviação, sendo conhecida como “A Encantada”. O museu conta com acervo de objetos, livros, cartas e mobiliário, bem como o chuveiro e a escada de entrada, com degraus em forma de raquete, que só se pode acessar começando com o pé direito. No Centro Cultural 14 bis, anexo à Casa, pode-se assistir a um curta metragem sobre Santos Dumont. O espaço tem acessibilidade e maquetes táteis para visitantes com necessidades especiais.

 

 

Museu Casa do Colono

Casa do ColonoEndereço: Rua Cristóvão Colombo, 1034 – Castelânea Visitação: terça a domingo, de 8h30 às 16h.Entrada Franca. Tel: (24) 2247-3715

Construída pelo foreiro de origem germânica, ex-militar do Exército Imperial Brasileiro, Johan Gottlieb Kaiser, em 1847. Possui as características de habitação da antiga Simern (cidade da Alemanha que inspirou a denominação do bairro da Siméria em Petrópolis) e de aldeias às margens do Rio Mosel na Alemanha. Casa com paredes de pau-a-pique e teto de zinco, retratando assim o modo simples de vida dos primeiros colonos. Acervo com utensílios de uso doméstico e de trabalho, fotografias, quadros e objetos de uso pessoal.

Museu da FEB (Força Expedicionária Brasileira)

Museu FEBEndereço: Avenida Koeler, 255 – Centro. Visitação: quarta a sábado, de 13h30 às 17h. Entrada Franca. Tel: (24)9 9996-2706. Grupos mediante agendamento.

Exposição de acervo dos “pracinhas” petropolitanos que lutaram na Itália durante a 2ª Guerra Mundial. Inaugurado em 1982, e desde 1996 no atual espaço, apresenta em três salas peças doadas pelos veteranos e por amigos do museu. Podem ser vistas 673 peças, entre fotos, objetos e documentos.

 

Museu de Cera de Petrópolis

Museu de CeraEndereço: Rua Barão do Amazonas, 35 – Centro

Visitação: terça a domingo, das 10h às 17h.Tel: (24) 2249-1595 Ingresso: R$ 24,00 e R$ 12,00 (estudantes e idosos).

Apresenta personagens históricos, da ciência, da política, das histórias em quadrinhos e das artes em geral, representados em figuras de cera em tamanho natural, tais como: dom Pedro II, Santos Dumont, Einstein, Alfred Hitchcock, Batman, Super-Homem, Gilberto Gil, entre outros, em cenários especialmente concebidos para proporcionar emoções e surpresas.

 

 

 

 

Museu Imperial

Museu ImperialEndereço: Rua da Imperatriz, 220 – Centro Telefone: (24) 2233-0300. Agendamento: (24) 2233-0345. Sarau Imperial Som e Luz: (24) 2233-0362.

Visitação: terça a domingo, das 11h às 18h (bilheteria até às 17h30) Ingresso: R$ 8,00 – Estudantes e pessoas acima de 60 anos: R$ 4,00. Acima de 80 anos e crianças até 6 anos: acesso livre.

Palácio em estilo neoclássico, construído com recursos da dotação pessoal do Imperador Pedro II, que ali passava longas temporadas com sua família até a Proclamação da República, em 1889. Possui 44 cômodos, duas alas, um corpo central e um andar superior, em que se destacam a sala de jantar, a sala de música, a sala do trono, os aposentos imperiais e seu escritório. Seu jardim foi planejado e executado por Jean Baptiste Binot, botânico e paisagista francês, pioneiro no combate à devastação indiscriminada das matas da cidade. Foi transformado em Museu, por decreto do presidente Getúlio Vargas, em 1940 e inaugurado em 1943. Possui significativo acervo de peças relativas ao período Imperial brasileiro, destacando-se como peça principal a coroa do Imperador Pedro II.

Orquidário Binot


orquidario-binotEndereço:
 Rua Fernandes Vieira, 390 – Retiro – Tel.: (24) 2248- 5665.

Visitação: segunda a sexta, das 7h às 16h50. Sábados e feriados, das 8h às 16h. Não funciona aos domingos. Entrada Franca.

Local de exposição e venda de orquídeas. Fundado em 1870 por Jean Baptiste Binot, idealizador dos jardins do Palácio Imperial, é até hoje administrado por seus descendentes.

Palácio Amarelo


Camara dos Vereadores Julio FonsecaEndereço:
 Praça Visconde de Mauá, 89 – Centro Visitação guiada: diariamente, das 10h às 17h. Tel: (24) 2291-9200. Mediante agendamento para grupos. Entrada Franca

O prédio, originalmente de um andar, foi construído pelo camarista de dom Pedro II, José Carlos Mayrink. Foi vendido pela viúva deste ao Barão de Guaraciaba, em 1891, que em 1894, o vendeu para a municipalidade para ser a sede da Câmara Municipal de Petrópolis. O Presidente da Câmara que o adquiriu, Hermogênio Silva, mandou fazer o grande salão, cujo teto de estuque foi executado pelos escultores Henrique Levy e José Huss, em 1895, sendo a pintura artística dos tetos concluída em 1896.

Palácio de Cristal


foto_2._bruno_wanderley_-_palacio_de_cristalEndereço:
 Rua Alfredo Pachá, s/nº – Centro Telefone: (24) 2247-3721.

Visitação guiada: terça a domingo, de 09h às 18h. Entrada franca. Apresentações de danças folclóricas alemãs, aos sábados, a partir de 15h.

Sua estrutura pré-moldada em ferro foi encomendada a uma fundição francesa pelo Conde D’Eu, sendo montada em Petrópolis pelo engenheiro Eduardo Bonjean. Foi inaugurado em 1884 com a finalidade de abrigar as já tradicionais exposições de produtos hortícolas e pássaros da região, que aconteciam em instalações provisórias no local. No Palácio, em abril de 1888, com a presença da Princesa Isabel foram libertados os últimos escravos de Petrópolis, em uma bela festa. Hoje recebe eventos culturais e exposições diversas.

Palácio Itaboraí

palacio_itaborai
Endereço:
 Rua Visconde de Itaboraí, 188 – Valparaíso

Visitação: segunda a sábado, das 9h às 17h. Tel.: (24) 2231-3137. Mediante agendamento para grupos. Entrada franca.

Construído em 1892 pelo engenheiro e construtor italiano Antônio Jannuzzi, para ser sua moradia. Abrigou o colégio Americano, e na década de 30 do século XX se tornou residência de verão dos governadores do Estado. Em 1998 foi cedido à Fundação Oswaldo Cruz que o restaurou para ser a sede do Fórum Itaboraí. Possui trilha da biodiversidade da Mata Atlântica com plantas medicinais, nutricionais, aromáticas, ornamentais, tóxicas e a coleção de insetos.

Palácio Rio Negro

palacio rio negroEndereço: Av. Koeler, 255 – Centro

Visitação: terça a sábado, das 10h às 17h. Entrada Franca

Erguido em 1889 por Manoel Gomes de Carvalho, o Barão do Rio Negro, rico produtor de café. A construção eclética é um projeto do engenheiro Antônio Januzzi. Possui escadaria e pisos em mármore, salões com piso forrado de parquet composto por madeiras nobres do Brasil com desenhos de grãos de café. Serviu de residência de verão a diversos presidentes da República, desde 1903, quando passou a pertencer ao Governo Federal. Em 2005, passou a ser administrado pelo IPHAN.

Palácio Sérgio Fadel

palacio-sergio-fadel
Endereço: 
Avenida Koeler, 260

Uma das mais antigas edificações da Avenida. Foi construída por Joaquim Antônio d’Araújo e Silva, o Visconde Silva, em 1872. Em maio de 1903 foi arrematada em leilão público pelo empresário carioca Cândido Gafreé. Quatro anos mais tarde foi vendida a Eduardo Guinle. Consta, desta época, 1907, sua primeira descrição registrada em cartório. Em janeiro de 1934, o imóvel foi vendido para a sociedade civil Instituto Social São José de Petrópolis, que ali permaneceria durante anos. De 1973 a 1984, pertenceu a Eduardo Antônio Simão, quando foi comprada para servir de sede administrativa da Companhia Industrial Santa Matilde. Em 1994, a Prefeitura de Petrópolis adquiriu o imóvel em leilão público. Desde 1995 se transformou na sede do Poder Executivo.

Parque Crémerie

Parque CremerieEndereço: Estrada da Independência, s/nº. – Independência.

Visitação: terça a domingo, das 8h às 18h –  Tel: (24) 2231-5834 . Entrada Franca para o parque. Pedalinhos: R$10,00 . Piscina: R$ 5,00

Antiga Crémerie Buisson , fábrica de quejos de Jules Buisson, fundada em 1845, cujos produtos eram conhecidos em todo Brasil graças à sua excelente qualidade. Mais tarde, a Crémerie foi adquirida pela família Sixel, transformada em hotel e posteriormente em área pública, medindo mais de 40 mil metros quadrados. Local de lazer desde os verões da sociedade da belle époque até os dias atuais. Possui quadras de esportes, piscina, lago com pedalinhos e área verde.

Parque Municipal de Petrópolis


parque itaipavaEndereço:
 Estrada União e Indústria, 10.000 – Itaipava Visitação: diariamente, das 7h às 18h (horário de verão, das 7h às 20h) Tel: (24) 2222-1299 Entrada franca

Área de lazer com quadras de esporte, ciclovia, aluguel de bicicletas, lanchonete, local para caminhada, picadeiro de areia, local para shows, festas populares, Horto Municipal Chico Mendes e Capela São Cristóvão. Sala de exposições, sala de leitura e centro de informações turísticas.

 

Parque Nacional da Serra dos Órgãos

parnasolEndereço: Estrada do Bonfim, s/nº, Bonfim – Corrêas 

Visitação: diariamente, das 8h às 17h.  Ingresso: R$ 25,00 para turistas estrangeiros. Turistas brasileiros tem 50% de desconto. Moradores do entorno do Parque Nacional (Petrópolis, Teresópolis, Magé e Guapimirim) pagam 2,50 mediante comprovante de residência. Informações e agendamentos para grupos: Tel: (24) 2236-0475/ (24) 2236-0258.

A maior área do parque localiza-se em Petrópolis. Os banhos de cachoeira e as caminhadas para apreciar a exuberante vegetação e a fauna da Mata Atlântica são imperdíveis.  Outra opção é a travessia Teresópolis-Petrópolis, feita em dois ou três dias, percorrendo 42 km de trilhas. Para sua segurança, contrate o serviço de guia especializado em ecoturismo.

Parque Natural Municipal de Petrópolis

Parque Natural do IpirangaEndereço: Avenida Ipiranga, 853 – Centro. Visitação: diariamente, de 7h às 17h. Entrada franca.

O Parque possui área de 167.168,71 m², com altitude média de 800m a 1070m.É uma área com vegetação de Mata Atlântica caracterizada como Floresta Ombrófila Densa. Está registrado no Cadastro Nacional de Unidades de Conservação do Ministério do Meio Ambiente. Pertence ao Mosaico da Mata Atlântica Central Fluminense. Está inserido na APA-Petrópolis e na Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. Possui trilhas e espaços livres para o lazer.

Praça 14-Bis

Praca 14-bisEndereço: Avenida Roberto Silveira, s/nº – Centro.

Possui uma réplica do invento mais famoso de Santos Dumont, o 14 bis. A atração foi inaugurada em 2006, para comemorar o centenário do primeiro vôo da aeronave. O local é utilizado para estacionamento de ônibus e vans de turismo.

 

 

Praça da Liberdade


chafariz_praca_liberdadeEndereço: 
Praça da Liberdade – Centro

Situada no encontro da Av. Roberto Silveira,  Av. Koeler, R. Dr. Nélson de Sá Earp e R. Barão de Amazonas – Centro. É a maior praça, em área, do Centro Histórico. O primeiro nome foi Largo Dom Afonso, em homenagem prestada ao primogênito de D. Pedro II, que faleceu prematuramente. Foi denominada Praça da Liberdade em 1888, porque ali se reuniam os escravos livres para comprar a liberdade dos companheiros que ainda eram mantidos nas senzalas. Em 1914, passou por uma remodelação, contando então com rinque de patinação, plantio de árvores e canteiros de flores. No ano de 1923, seu nome mudou para Praça Rui Barbosa. Porém, o nome não caiu no gosto do povo, que continuou chamando-a de Praça da Liberdade, nome posteriormente retomado. Em 1964, a Praça passou por grande reforma e algumas características foram preservadas, como o coreto, as palmeiras imperiais e a ponte de madeira. É um dos principais pontos de lazer de Petrópolis para todas as idades.

Palácio Quitandinha – SESC Quitandinha

Palácio Quitandinha
Endereço:
 Av. Joaquim Rolla, 2 – Quitandinha Telefone: (24)2245-2020 -Agendamento escolar (24)2245-7642

Visitação: terça a  sábado, 10 às 17h. Domingos e feriados, 10h às 16h. Ingresso: Entrada franca. Visita guiada R$10.00 : crianças de 7 a 10 anos; estudantes e idosos maiores de 60 anos: R$5,00

Foi construído a partir de 1941 pelo empreendedor mineiro Joaquim Rolla, para ser o maior cassino hotel da América do Sul. Foi palco de inúmeros acontecimentos de destaque, desde bailes de carnaval, concursos de Miss Brasil e da Conferência Econômica Interamericana, em 1954, que criou o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). Externamente em estilo normando e internamente em estilo “rococó hollywoodiano”, foi decorado pela set designer Dorothy Draper. Adquirido pelo SESC Rio passou por reformas e está aberto à visitação.

Relógio das Flores – Universidade Católica de Petrópolis


relogio-das-floresEndereço
: Rua Barão do Amazonas, s/nº – Centro

Localizado em frente ao prédio da Universidade Católica de Petrópolis – Campus BA. Foi Inaugurado em 1972 em comemoração aos 150 anos da Independência do Brasil. O prédio, do século XIX, sediou o Palace Hotel, frequentado pelo Imperador Pedro II e hospedou diversas personalidades, como Santos Dumont, que aí permaneceu durante as obras de sua casa, construída bem próxima.

Solar Dom Afonso

Solar Dom AfonsoEndereço: Avenida Koeller, 376

Palacete em estilo neo-clássico, cercado de jardim que ocupa o terreno de esquina da Avenida Koeler com a Praça da Liberdade, foi construído em 1875 pelo Comendador Joaquim Antônio dos Passos, próspero comerciante de café no Rio de Janeiro. Em 1985 seus proprietários a denominaram Solar dom Afonso (filho primogênito de d. Pedro II e d. Tereza Cristina, nascido no ano de 1845 e falecido em tenra idade). Suas grades preservam gravuras de grãos e folhas de café.

 

Trono de Fátima

trono de fatimaEndereço: Rua Padre Moreira – Valparaíso Telefone: 24 2242-0313

Visitação: diariamente de 8h às 17h. Durante o horário de verão, de 8h às 18h. Tel: (24)2242-0313. Entrada franca.
O monumento, foi concebido por Heitor da Silva Costa, mesmo autor do projeto do Cristo Redentor. Possui 14m de altura e uma vista privilegiada do Centro Histórico. A imagem de Nossa Senhora de Fátima, que pesa 4 toneladas e mede 3,5m e a do anjo Gabriel sobre a cúpula, de 1m de altura, foram esculpidas em mármore branco pelo italiano Enrico Arrighini. A cúpula se apoia em sete colunas, representando os dons do Espírito Santo. A construção contou com ajuda popular, tanto na arrecadação de fundos, quanto na obra em si. Na parte inferior existe uma capela.

Theatro D. Pedro

Theatro Dom PedroEndereço: Praça dos Expedicionários, s/nº – Centro

Visitação: Terça a domingo de 10h30 às 17h mediante consulta. Visitação restrita em dias de espetáculo. Agendamento de grupos: (24) 2235-3833. Entrada franca para a visitação.

Prédio em estilo eclético com traços da arquitetura art-nouveau e art-déco, inaugurado em 1933, pela Empresa D’Angelo e Cia. Ltda. Restaurado e reaberto em 2003 pela Prefeitura de Petrópolis é considerado uma referência cultural e artística para Petrópolis, para o estado do Rio de Janeiro e para o Brasil. A decoração interna, de autoria do petropolitano Carlos Schaffer reúne estilos geométrico, mitológico e futurista, como flores com corolas viradas para baixo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>